Argamassas de revestimento

clip_image002

Argamassas

clip_image005


clip_image008


Histórico

[ 1º. registro de emprego na construção:  Pré-História

" Piso polido de 180 m² feito com pedras e argamassa cal e areia: ~ 7000 a 9000

a.C. (descoberto em 1985, em Israel, ao escavar uma rua)

" Laje de 25 cm de espessura executada com argamassa de cal no Pátio da Vila de Lepenske-Vir, na Iuguslávia: 5600 a.C.

[ A partir daí: argamassa de cal e gesso muito usada pelos povos Egípcios, Gregos, Etruscos e Romanos.

" O desenvolvimento como sistema construtivo ocorreu em Roma. Durante o império romano os homens tiveram a idéia de misturar um material aglomerante, a pozolana (cinzas vulcânicas), com materiais inertes, dando origem às primeiras argamassas. 

Histórico

[ Brasil: Início da utilização no primeiro século da colonização, para assentamento de alvenaria de pedra. 

" A cal que constituía a argamassa era obtida através da queima de conchas e mariscos. O óleo de baleia era também muito utilizado como aglomerante, no preparo de argamassas para assentamento.

clip_image011

Conceito

As argamassas são materiais de construção que tem na sua constituição aglomerantes, agregados minerais e água. Quando recém misturadas, possuem boa plasticidade, enquanto que,

clip_image012clip_image013clip_image014quando endurecidas, possuem rigidez, resistência e aderência. 

clip_image015                      CIMENTO +       AREIA        +     ÁGUA

clip_image016clip_image017                              CAL                       + +             ÁGUA

clip_image018                                                    CIMENTO + +              AREIA        +                     ÁGUA

[Como a argamassa possui componentes comuns ao concreto, ocorre a tendência de confundir suas tecnologias;

[Diferenças entre argamassa e concreto:

"O concreto é um elemento estrutural por si só enquanto que a argamassa liga unidades estruturais;

"A resistência à compressão é vital para o concreto e secundária para a argamassa.

Classificação de Argamassas

Critério de classificação

Tipo

Quanto à natureza do aglomerante

• Argamassa aérea

• Argamassa hidráulica

Quanto ao número de aglomerantes 

• Argamassa simples

• Argamassa mista 

Quanto à consistência da argamassa

• Argamassa seca

• Argamassa plástica

• Argamassa fluida

Quanto à plasticidade da argamassa 

• Argamassa pobre ou magra

• Argamassa média ou cheia

• Argamassa rica ou gorda

Quanto à densidade de massa da argamassa

• Argamassa leve

• Argamassa normal

• Argamassa pesada

Quanto à forma de preparo ou fornecimento

• Argamassa preparada em obra

• Mistura semipronta para argamassa

• Argamassa industrializada

• Argamassa dosada em central

Campos de aplicação das argamassas

clip_image020

Campos de aplicação das argamassas

Função  

Tipos

Para construção de  alvenarias

Argamassa de assentamento (elevação da alvenaria)

Argamassa de fixação (ou encunhamento)

Para revestimento de paredes e tetos

Argamassa de chapisco

Argamassa de emboço

Argamassa de reboco

Argamassa de camada única

Argamassa para revestimento decorativo monocamada

Para revestimento de pisos

Argamassa de contrapiso

Argamassa de alta resistência para piso

Para revestimentos  cerâmicos (paredes/pisos)

Argamassa de assentamento de peças cerâmicas (colante)

Argamassa de rejuntamento

Para recuperação de estruturas

Argamassa de reparo

Argamassa de assentamento

[Utilizada para a elevação de paredes e muros de tijolos ou blocos.

[Principais funções das juntas de argamassa na alvenaria :

"unir os blocos para constituir um elemento monolítico; 

"distribuir uniformemente as cargas atuantes na parede por toda a área resistente dos blocos; 

"selar as juntas garantindo a estanqueidade da parede; 

"absorver as deformações naturais, como as de origem térmica e as de retração por secagem, a que a alvenaria estiver sujeita.

Argamassa de assentamento

[Propriedades essenciais ao bom desempenho das argamassas de assentamento:

"Trabalhabilidade – consistência e plasticidade adequadas ao processo de execução, além de uma elevada retenção de água; 

"Aderência; 

"Resistência mecânica

"Capacidade de absorver deformações

Argamassa de assentamento

clip_image025

Argamassa de assentamento

clip_image027

Argamassa de assentamento

clip_image029

Argamassa de revestimento

[Utilizada para revestir paredes, muros e tetos, os quais, geralmente, recebem acabamentos como pintura, revestimentos cerâmicos, laminados, etc. [Camadas:

"Chapisco

"Emboço

"Reboco

"Camada única

"Revestimento monocamada decorativo

Argamassa de revestimento

clip_image031

Argamassa de revestimento

[Chapisco: 

"Camada de preparo da base, aplicada de forma contínua ou descontínua, com finalidade de uniformizar a superfície quanto à absorção e melhorar a aderência do revestimento. 

[Emboço: 

"Camada de revestimento executada para cobrir e regularizar a base, propiciando uma superfície que permita receber outra camada, de reboco ou de revestimento decorativo (por exemplo, cerâmica). 

 

Alvenaria de revestimento

[Reboco: 

"Camada de revestimento utilizada para cobrimento do emboço, propiciando uma superfície que permita receber o revestimento decorativo (por exemplo, pintura) ou que se constitua no acabamento final. 

[Camada Única: 

"Revestimento de um único tipo de argamassa aplicado à base, sobre o qual é aplicada uma camada decorativa, como, por exemplo, a pintura; também chamado popularmente de “massa única” ou “reboco paulista” é atualmente a alternativa mais empregada no Brasil.

Argamassa de revestimento

[Revestimento decorativo monocamada (ou monocapa) – RDM:

"Trata-se de um revestimento aplicado em uma única camada, que faz, simultaneamente, a função de regularização e decorativa, muito utilizado na Europa;

"A argamassa de RDM é um produto industrializado, ainda não normalizado no Brasil, com composição variável de acordo com o fabricante, contendo geralmente: cimento branco, cal hidratada, agregados de várias naturezas, pigmentos inorgânicos, fungicidas, além de vários aditivos (plastificante, retentor de água, incoporador de ar, etc.).

Argamassa de revestimento

clip_image036

RDM

clip_image040

Argamassa de revestimento

[Principais funções de um revestimento de argamassa de parede :

"Proteger a alvenaria e a estrutura contra a ação do intemperismo, no caso dos revestimentos externos;

"Integrar o sistema de vedação dos edifícios, contribuindo com diversas funções, tais como: isolamento térmico (~30%), 

"Isolamento acústico (~50%), estanqueidade à água (~70 a 100%), segurança ao fogo e resistência ao desgaste e abalos superficiais;

Argamassa de revestimento

[Propriedades essenciais ao bom desempenho das argamassas de revestimento:

"Trabalhabilidade, especialmente consistência, plasticidade e adesão inicial;

"Baixa retração

"Aderência;

"Baixa permeabilidade à água;

"Resistência mecânica, principalmente a superficial;  "Capacidade de absorver deformações.

Argamassa de contrapiso

[Utilizada para regularizar a superfície do piso antes de receber o acabamento.

[Principais requisitos / propriedades:

clip_image043

Argamassa colante

[Utilizada para “colar” a peça cerâmica ao substrato, além de absorver deformações naturais a que o sistema de revestimento cerâmico estiver sujeito.

[Principais requisitos / propriedades:

"Trabalhabilidade (retenção de água, tempo em aberto, deslizamento e adesão inicial);

"Aderência;

"Capacidade de absorver deformações (flexibilidade) – principalmente para fachadas.

Argamassa colante

clip_image047

Argamassa de rejuntamento

[Utilizada para vedar as juntas entre as peças cerâmicas, permitir a substituição das mesmas se necessário, ajustar os defeitos de alinhamento e absorver pequenas deformações do sistema.

[Principais requisitos / propriedades:

"Trabalhabilidade (consistência, plasticidade e adesão inicial);

"Baixa retração;

"Aderência;

"Capacidade de absorver deformações (flexibilidade) – principalmente para fachadas.

Argamassa de rejuntamento

clip_image052

Trabalhabilidade e aspectos reológicos

[É a propriedade das argamassas no estado fresco que determina a facilidade com que elas podem ser misturadas, transportadas, aplicadas, consolidadas e acabadas, em condição homogênea.

[Resultante da conjunção de diversas propriedades:

"Consistência; 

"Plasticidade; 

"Retenção de água e de consistência;

"Coesão; 

"Exsudação; 

"Adesão inicial.

Trabalhabilidade e aspectos reológicos

[Consistência: 

"É a maior ou menor facilidade da argamassa deformar-se  sob ação de cargas.

[Plasticidade: 

"É a propriedade pela qual a argamassa tende a conservar-se deformada após a retirada das tensões de deformação.

[Retenção de água e de consistência: 

"É a capacidade de a argamassa fresca manter sua trabalhabilidade quando sujeita a solicitações que provocam a perda de água, seja por evaporação seja pela absorção de água da base.

Trabalhabilidade e aspectos reológicos

[Coesão: 

"Refere-se às forças físicas de  atração existentes entre as partículas sólidas da argamassa e as ligações químicas da pasta aglomerante.

[Exsudação: 

"É a tendência de separação da água (pasta) da argamassa, de modo que a água sobe e os agregados descem pelo efeito da gravidade. Argamassas de consistência fluida apresentam maior tendência à exsudação.

[Adesão inicial: 

"União inicial da argamassa no estado fresco ao substrato.

Também chamada de “pegajosidade”.

Aderência de argamassa

[Didaticamente, pode-se dizer que a aderência da argamassa deriva da conjunção de três propriedades da interface argamassasubstrato: 

"A resistência de aderência à tração;

"A resistência de aderência ao cisalhamento;

clip_image054"A extensão de aderência (razão entre a              área de contato efetivo e a área total             possível de ser unida).

Aderência de argamassa

clip_image056

Medida da resistência de aderência

[NBR 13528 (ABNT, 1995): Ensaio de determinação da resistência de aderência à tração de revestimentos de argamassa.

clip_image058

Medida da resistência de aderência

clip_image061

Medida da resistência de aderência

clip_image062

Medida da resistência de aderência

[Tipos de ruptura no ensaio de resistência de aderência à tração de revestimentos de argamassa:

clip_image064


clip_image066

clip_image068


Cronograma Final

Dia

Semana

Turma

Conteúdo

12

Segunda-feira

MACO LAB A02-1

Ensaios não destrutivos

14

Quarta-feira

MACO PRELEÇÃO

Argamassas

15

Quinta-feira

MACO LAB A02-2

FERIADO - Proclamação da República

19

Segunda-feira

MACO LAB A02-1

Dispensa de Aula

21

Quarta-feira

MACO PRELEÇÃO

AVALIAÇÃO P3 - Adições minerais, aditivos químicos e controle de qualidade do concreto

22

Quinta-feira

MACO LAB A02-2

Ensaios não destrutivos

26

Segunda-feira

MACO LAB A02-1

Vestibular

28

Quarta-feira

MACO PRELEÇÃO

Aços

29

Quinta-feira

MACO LAB A02-2

Aços

3

Segunda-feira

MACO LAB A02-1

Aços

5

Quarta-feira

MACO PRELEÇÃO

AVALIAÇÃO P4 - Argamassas e aços

 

As mais Visitadas

MODELOS DE PLANTA BAIXA, CASAS COM 3 QUARTOS

49 modelos de muros e fachadas residenciais

Leitura de Projeto

PLANILHA CONTROLE DE OBRA

Tecnica da construção civil

Planilha para calcular preço de muro

CRONOGRAMA DE OBRAS: COMO PREPARÁ-LO DE FORMA PROFISSIONAL EM 4 PASSOS

CALCULO DE ESCADA

COMO FAZER ALICERCE DE CASAS PASSO A PASSO